Hoje é 13 de novembro de 2019



Erro
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 59

CEI dos Medicamentos ouve duas testemunhas

Avalie este item
(0 votos)
Sexta, 26 Outubro 2007 14:48

Na continuidade dos trabalhos de coleta de depoimentos, os vereadores que compõem a CEI dos Medicamentos da Câmara Municipal de Cascavel ouviram na tarde desta sexta-feira mais duas testemunhas. O ex-coordenador da Farmácia Básica e atual encarregado de setor da Secretaria de Saúde, Adelar Renato Arenhardt, foi o primeiro a colaborar com a CEI e afirmou ter ouvido apenas comentários de que pudesse ter ocorrido algum desvio de medicamentos antes de assumir como coordenador, em fevereiro de 2006. Disse ainda que investido do cargo, implantou uma nova sistemática de controle de estoque, com uma planilha mais rigorosa. “Antes disso, só ouvi comentários. Não posso afirmar exatamente pela falta anterior de um instrumento de controle”, disse, adiantando que, no período de seis meses em que permaneceu à frente da Farmácia Básica, duas pessoas, além dele próprio, faziam o controle de recebimento dos remédios.
Outra pessoa ouvida pelos vereadores foi a gerente financeira da Secretaria de Saúde, Sheila Márcia Ellen Vargas, que forneceu todos os detalhes dos procedimentos de compra dos remédios. Ela informou que para 2007, por exemplo, a previsão é de que sejam investidos R$ 3,5 milhões na aquisição de medicamentos.
Ainda durante a tomada dos depoimentos desta sexta-feira, o vereador Juarez Berté (PPS) foi efetivado no cargo de relator da CEI em substituição a Soni Lorenzi (PMN), que solicitou desligamento.



LEGENDA
Sheila Vargas forneceu detalhes dos procedimentos de compra dos remédios

CRÉDITO
Edson Mazzetto/Ass. Imp.