Acesso a Informação
Acesso a monitoramento
Servidor Online
Boa Noite! Hoje é 16 de junho de 2019



Vídeo mostra drama das famílias do Jangadinha, ameaçadas de despejo

Avalie este item
(0 votos)
Terça, 02 Abril 2019 10:05

Um vídeo de quase 10 minutos está disponível nas redes sociais para compartilhamento desde ontem (01) mostra o drama enfrentado pelas famílias do pré-assentamento da comunidade Jangadinha, em Cascavel. Depois de 20 anos morando e produzindo na área, as famílias estão na iminência de uma reintegração de posse. O mandato popular do vereador Paulo Porto (PCdoB) mobilizou uma equipe para a comunidade e produziu o vídeo com vários depoimentos de pessoas da comunidade. Os moradores falam do temor e da frustração com a possibilidade de serem despejados, depois de ouvir do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), a promessa de que a área seria adquirida para o assentamento definitivo. A ideia é que o vídeo ajude a sensibilizar as autoridades, a comunidade em geral, para o drama vivido pelas famílias. O vídeo está disponível para compartilhamento no link, ao final desse texto.

O drama das famílias do Jangadinha tem mobilizado diversos vereadores, solidários e preocupados com o futuro da comunidade. Em busca de apoio junto ao governo do Estado, por exemplo, três vereadores devem ir amanhã (03) a Curitiba, para uma audiência com o chefe da Casa Civil do Governo Ratinho Júnior (PSD), Guto Silva, em busca de apoio para as famílias. Eles estão pedindo, com o apoio do Executivo de Cascavel, a intervenção do estado no sentido de se conseguir mais prazo para as famílias enquanto se busca solução para o problema do pré-assentamento. Vão para a audiência os vereadores Paulo Porto (PCdoB), Rafael Brugnerotto (PSB) e Olavo Santos (PHS).

Há cerca de 15 dias praticamente metade dos 21 vereadores, inclusive o presidente da Câmara, Alécio Espínola, participou de uma reunião com o prefeito Leonaldo Paranhos (PSC), ao final da sessão da Câmara. Na ocasião, representantes da comunidade estiveram na Câmara em busca de apoio e ao final da sessão, todos foram para um encontro com o prefeito, que se manifestou solidário às famílias e também participa das articulações em busca de solução para o caso.

As 31 famílias do pré-assentamento do Jangadinha moram e produzem na área desde 1996, com a promessa de serem assentadas definitivamente pelo Instituto Nacional de Colonização e Reformar Agrária (Incra). Confiantes de que o caso estava encaminhado, 11 famílias da comunidade foram surpreendidas este ano com uma ação de reintegração de posse, com decisão favorável na justiça, ao proprietário da área, que estaria contestando os valores ofertados pelo Incra.

Para os vereadores, o caso revela uma falha grave de condução do processo pelo Incra, que em 20 anos não conseguiu encaminhar uma solução concreta para as famílias. “Esse episódio é absolutamente lamentável e precisamos buscar uma solução favorável a essas famílias, que confiaram na promessa do Incra. O despejo dessas famílias é uma derrota para Cascavel, para todos nós”, diz Paulo Porto.

Veja e compartilhe o vídeo sobre as famílias do Jangadinha

Assessoria de Imprensa/CMC

Paulo Porto exibiu o vídeo na sessão de segunda-feira (1º)Paulo Porto exibiu o vídeo na sessão de segunda-feira (1º)Flavio Ulsenheimer/Assessoria de Imprensa/CMC