Acesso a Informação
Acesso a monitoramento
Servidor Online
Hoje é 22 de setembro de 2019



Câmara aprova troca de terreno que viabiliza novo centro de saúde da Apae

Avalie este item
(0 votos)
Segunda, 08 Abril 2019 15:43

A Câmara de Vereadores de Cascavel aprovou hoje (08) em primeira discussão o anteprojeto de lei 24/2019 que autoriza a prefeitura e fazer uma permuta de terrenos com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae Cascavel). A votação definitiva do projeto que autoriza a troca será na sessão desta terça-feira (09).

Na justificativa do projeto enviada aos vereadores, o Executivo municipal explica que a permuta atende a uma necessidade da Apae para viabilizar a construção de um novo centro de saúde para atender à crescente demanda pelos serviços de saúde prestados pela entidade às pessoas com deficiência intelectual e múltipla.

Na permuta, estão envolvidos dois lotes na quadra 3 do Loteamento Tropical, que pertencem à Prefeitura, e o lote B1-A2 da quadra 03 do Loteamento Recanto Tropical, com área total de 1.032m2, de propriedade da Apae. Conforme a justificativa do Executivo, os valores dos imóveis de propriedade do município, somados, é equivalente ao valor do lote a ser permutado com a Apae.

Pelo menos nove vereadores manifestaram-se durante as discussões do projeto. Uma curiosidade é que esse projeto que autoriza a permuta de terrenos foi encaminhado ao Legislativo quando o presidente da Câmara, Alécio Espínola (PSC), ocupava interinamente a prefeitura de Cascavel, durante as férias do prefeito Leonaldo Paranhos, entre o final de fevereiro e o início de março.

“Sabemos da importância da Apae no Brasil e em Cascavel. Cabe ao poder público ajudar para a Apae crescer ainda mais, no espaço que ocupa, em sua estrutura, na qualidade dos serviços que presta à sociedade e também no amor com que toda a equipe da Apae sempre trabalha em defesa dessa causa”, diz Alécio Espínola.

Assessoria de Imprensa/CMC

Profissionais e alunos da Apae assistiram à sessão que aprovou a permuta de áreasProfissionais e alunos da Apae assistiram à sessão que aprovou a permuta de áreasFlávio Ulsenheimer/Assessoria de Imprensa/CMC