Acesso a Informação
Acesso a monitoramento
Servidor Online
Bom Dia! Hoje é 19 de maio de 2019



Vereadores aprovam criação de semana para prevenir a gravidez na adolescência

Avalie este item
(0 votos)
Terça, 16 Abril 2019 16:42

Foi aprovado pelo Plenário o Projeto de Lei nº 07/2019, que institui a Semana Municipal de Prevenção da Gravidez na Adolescência, que deve ser realizada na primeira semana do mês de fevereiro. Em sessão que aconteceu na tarde desta terça-feira (16), a matéria legislativa proposta pelos vereadores Olavo Santos (PHS) e Policial Madril (PMB) obteve a totalidade dos votos, da mesma forma que na primeira votação no dia anterior.

Em defesa a aprovação do projeto, Olavo Santos destaca que é uma questão de política pública, uma vez que proporcionará conhecimentos e apresentará às adolescentes a importância de evitar a gravidez, sendo que muitas acabam tendo de abandonar os estudos e encontram problemas financeiros. “A cada ano mais de 500 mil meninas entre 10 e 19 anos tem filhos no Brasil, em 2004 esse número era maior, chegava a 660 mil, e graças a ações como essa que estamos apresentando os números estão reduzindo”, destaca o vereador.

Ele lembra que, a partir do momento que o projeto for sancionado, deve o Poder Executivo fazer parcerias com Ongs e fortalecer a Secretaria de Educação e demais secretarias para que as ações preventivas e atividades de conscientização aconteçam efetivamente. Também é importante estender as atividades de orientação às famílias das adolescentes, visando combater o abuso sexual em todos os campos, inclusive no seio familiar, o que na maioria das vezes resulta na gravidez dessas adolescentes. “Uma ação tão simples, com toda certeza trará muita economia para o Município; eu digo isso para quem pensa em números, mas o mais importante é a valorização das adolescentes”, finaliza Olavo.

Assessoria de Imprensa/CMC

Olavo Santos é um dos autores do projeto que quer prevenir a gravidez na adolescênciaOlavo Santos é um dos autores do projeto que quer prevenir a gravidez na adolescênciaFlávio Ulsenheimer/Assessoria de Imprensa/CMC