Acesso a Informação
Acesso a monitoramento
Servidor Online
Hoje é 08 de julho de 2020



Acamop defende moratória de dívidas dos municípios para combater pandemia

Avalie este item
(0 votos)
Quinta, 26 Março 2020 15:29

A Acamop (Associação das Câmaras de Vereadores do Oeste do Paraná) emitiu nota oficial defendendo uma moratória nas dívidas públicas dos municípios da região. Na nota, assinada pelo presidente da associação, Ronaldo Pohl, a entidade diz que “acima de tudo, o momento é de priorizar a saúde de todas as pessoas”.

“Para vencer o vírus, duas medidas urgentes precisam ser adotadas: o isolamento e o fortalecimento do Estado. As pessoas necessitam ficar em casa e o Estado deverá adotar ações severas ao combate da doença”, prossegue o documento. Por esse motivo, a suspensão dos pagamentos daria um fôlego para as cidades. “A título de exemplo, em Cascavel, um dos municípios mais ricos do Oeste do Estado, a dívida pública representa 7% do recurso da saúde, em números absolutos, e o Município desembolsa 22 milhões de reais anualmente para pagamento de dívidas”.

O vereador Paulo Porto (PT) de Cascavel, afirmou que a atitude da Acamop é louvável e exemplar, já que é preciso dinheiro em caixa para o combate da covid-19. Para Porto, esse valor nesse momento deve ser usado no combate à pandemia e para garantir os serviços públicos para as pessoas mais vulneráveis socialmente. “É uma medida emergencial. Estamos passando por um momento atípico, e o governo deve ser mais contundente nas decisões para garantir a saúde das pessoas” afirma Porto. “É hora de pensar na vida da população, e a moratória é de fundamental importância para isso nesse momento”, conclui o vereador.

Assessoria do Gabinete do Vereador Paulo Porto/CMC

Vereadores da Acamop em reunião no dia 5 de março, no início da crise do coronavírusVereadores da Acamop em reunião no dia 5 de março, no início da crise do coronavírusMarcelino Duarte/Assessoria de Imprensa/CMC